07h00 - quinta, 12/10/2017

População de Odemira
vota novos investimentos

População de Odemira vota novos investimentos

Parques de merendas, balneários públicos, jardins, espaços multiusos e requalificação de imóveis públicos são algumas das 13 propostas finalistas do "Orçamento Participativo" (OP) de Odemira em 2017. A fase de votação já arrancou e vai prolongar-se até ao final do próximo mês de Novembro, permitindo aos odemirenses a população de votarem nos projectos que querem ver incluídos no orçamento municipal do próximo ano, num montante total de 500 mil euros.
"O OP de Odemira tem por objectivo potenciar o exercício da cidadania participada, activa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho", sublinha ao "SW" fonte oficial da Câmara de Odemira, que promove o projecto desde 2011.
A criação de um parque de merendas e de um parque de caravanismo em Santa Clara-a-Velha, a construção de balneários públicos em Fornalhas Velhas e de novos balneários no Clube Fluvial Odemirense, a abertura de um jardim público no loteamento municipal de São Luís, o avanço da segunda fase do Espaço Multiusos do Almograve e o melhoramento do Campo da Boa Esperança, em Boavista dos Pinheiros, são sete das propostas em votação.
São ainda finalistas as propostas de requalificação da Escola Primária do Malavado e construção de um campo de jogos na Escola Primária de São Miguel, a recuperação da Casa do Povo de Sabóia, a reabilitação do espaço exterior da EB1 de Odemira (com a criação de um novo equipamento de biblioteca), a beneficiação do pavilhão de festas e colocação de painéis solares no edifício da Junta de Freguesia de Sabóia, e a dinamização dos projectos "Mais Acção, Melhor Educação" (Odemira) e "Amar os Outros" (transversal ao concelho).
Com uma dotação total de 500 mil euros, o OP 2017 destina 250 mil euros a projectos nas freguesias do litoral ou com população superior a 1.500 habitantes e os outros 250 mil euros para freguesias com população inferior a 1.500 habitantes.
Podem votar todos os cidadãos com idades a partir dos 16 anos, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho. A votação pode ser exercida através de duas formas: online (em www.op.cm-odemira.pt) ou presencial no Balcão Único da Câmara Municipal, na mesa de voto itinerante que vai passar pelas freguesias e pelas escolas do ensino secundário e profissional do concelho.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 12/02/2019
Centro de Inseminação
Artificial Animal
em Vale de Água
A empresa AIM CIALA acaba de inaugura o novo Centro de Inseminação Artificial em Vale de Água (Santiago do Cacém), que inclui igualmente um laboratório de processamento de doses seminais de suíno.
07h00 - segunda, 11/02/2019
Postos da GNR de Alvalade
e Ermidas vão manter-se
A secretária de Estado da Administração Interna garantiu na passada semana ao presidente da Câmara de Santiago do Cacém a manutenção dos postos da GNR nas localidades de Ermidas-Sado e de Alvalade.
07h00 - sábado, 09/02/2019
Festival das Sopas
em Santiago do Cacém
O Pavilhão de Exposições de Santiago do Cacém recebe neste sábado, 9, a sétima edição do Festival das Sopas, organizado pela Paróquia local, do Agrupamento 722 do Corpo Nacional de Escutas, Câmara Municipal e União de Freguesias.
07h00 - terça, 05/02/2019
Comissão de Saúde
de Santiago quer
reunir com Governo
A Comissão de Saúde da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém voltou a solicitar reuniões com a ministra da Saúde e com os grupos parlamentares da Assembleia da República, para discutir os problemas que afectam os cuidados de saúde no concelho.
07h00 - segunda, 04/02/2019
Sensibilização ambiental
em Santiago do Cacém
A Câmara de Santiago do Cacém promoveu, durante o mês de Janeiro, a campanha de educação e sensibilização ambiental "O Lixo não é culpado, clpado é quem o abandona: não seja cúmplice" junto dos alunos das escolas dos agrupamentos de Santiago do Cacém, Santo André, Arménio Lança (Alvalade) e Cercal do Alentejo.

Data: 15/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial