07h00 - quinta, 31/10/2019

Odemira vai celebrar
"Dias de Interculturalidade"

Odemira vai celebrar "Dias de Interculturalidade"

Enaltecer a diversidade cultural existente no concelho de Odemira e promover o convívio entre cidadãos migrantes e a comunidade local são alguns dos objectivos dos "Dias da Interculturalidade", que arrancam neste sábado, 2 de Novembro. A iniciativa, que se prolonga até ao dia 10 de Novembro (domingo), resulta de uma parceria entre a Câmara de Odemira e diversas entidades locais, no âmbito do "Odemira Integra+: Plano Municipal para a Integração dos Migrantes".
De acordo com a vereadora responsável pela área social na Câmara de Odemira, os "Dias da Interculturalidade" visam "promover o convívio entre cidadãos migrantes e a comunidade local e sensibilizar para riqueza da interculturalidade, com a troca de experiências e a partilha de saberes, fomentando o contacto entre diferentes culturas". Tudo enquadrado pelo trabalho que Município e parceiros têm desenvolvido nesta área, no sentido de tornar o concelho de Odemira num "território mais inclusivo".
"Este é um trabalho sempre inacabado dada a multiplicidade de aspectos que a permanência de migrantes implica, ou não fossem os impactos das migrações um problema social complexo", vinca Deolinda Seno Luís ao "SW".
Nesse sentido, continua a autarca, o "'Odemira Integra+' tem, à escala dos recursos locais, feito o que está ao alcance das entidades públicas e privadas concelhias e regionais, intervindo em diversas áreas como a Educação, Saúde, Cultura, Empreendedorismo, Empregabilidade, Cidadania e questões linguísticas, entre outras".
"Fazemo-lo numa perspectiva de que quem chega tem de conhecer as regras e a cultura local para se poder integrar no respeito para com quem acolhe e que, quem recebe, precisa conhecer a 'história" que os que cá chegam carregam para que os possam compreender e aceitar, numa perspetiva humanista", explica.
Porém, Deolinda Seno Luís reconhece que o caminho a percorrer ainda é longo e que "são vários os desafios" que se colocam no futuro "face à dimensão tão expressiva da presença migrante no concelho de Odemira", nomeadamente no plano do reforço dos serviços públicos e em questões como a legalidade e o respeito pela habitabilidade condigna, a emergência de comportamentos e atitudes xenófobas, ou o respeito pelo património ambiental.
"Estes são alguns exemplos que nos preocupam enquanto governantes e sentidos pela nossa população, sendo que a maioria destas mudanças ultrapassam as competências locais e exigem a intervenção da administração central", advoga Deolinda Seno Luís.

Muitas actividades
Os "Dias da Interculturalidade" arrancam no sábado, 2, com a comemoração da interculturalidade pelo movimento associativo. As actividades vão decorrer no Centro Sócio-cultural de São Miguel (freguesia de São Teotónio) e incluem jogos desportivos, um almoço com pratos portugueses e tailandeses, e uma "Tarde Cultural".
Na quarta-feira, 6, o Colégio Nossa Senhora da Graça, em Vila Nova de Milfontes, recebe uma série de actividades dirigidas à comunidade escolar, enquanto na sexta-feira, 8, a partir das 9h00, decorre no cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, o Encontro Inter-plataformas do Alentejo Litoral e Península de Setúbal, subordinado ao tema "Pensar Intercultural: Gentes e Cenários". Na sessão de abertura vão estar o presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, e o director da Segurança Social de Beja, Sérgio Fernandes.
Finalmente, para sábado, 9, a partir das 15h00, estão previstas sessões gratuitas de capoeira e yoga no Jardim Público de Vila Nova de Milfontes.
No âmbito dos "Dias da Interculturalidade" será dinamizado, entre quinta-feira e domingo, 7 a 10, um ciclo de cinema documental dedicado à interculturalidade, com sessões em Odemira, São Teotónio e Vila Nova de Milfontes.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

09h00 - segunda, 25/05/2020
Freguesia
de São Luís sem
médico há meses
A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Plataforma pelas Artes
nasce no concelho de Odemira
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
08h00 - sexta, 22/05/2020
Vereadora Deolinda Seno Luís: "Era incompreensível Odemira não ter CLDS"
Em entrevista ao "SW" a vereadora Deolinda Seno Luís, responsável pelo pelouro da Intervenção Social na Câmara de Odemira, explica a importância de o concelho ter, pela primeira vez, um Contrato Local de Desenvolvimento Social no seu território.
08h00 - sexta, 22/05/2020
Odemira quer ter
idosos "mais activos"
Promover o "envelhecimento activo" e a "autonomia das pessoas idosas", assim como combater a solidão e o isolamento, são algumas das metas do "Geração Activa", projecto que arrancou no passado mês de Outubro e que é o primeiro Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) desenvolvido no concelho de Odemira.
08h00 - sexta, 22/05/2020
EB1 de Sabóia l
idera na reciclagem
A Escola Básica (EB) 1de Sabóia, no concelho de Odemira, lidera o top regional da iniciativa "Geração Depositrão", com mais de uma tonelada de eléctricos e electrónicos em fim de vida recolhidos.

Data: 22/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial