07h00 - quinta, 31/10/2019

Naverredondense
está a viver um sonho

Naverredondense está a viver um sonho

Aquele que é considerado o clube mais pequeno de Portugal está a viver um verdadeiro "sonho" no início da época 2019-2020! Isto porque o Beira Serra/ Naverredondense, da pequena aldeia de Nave Redonda (freguesia de Sabóia), acaba de vencer a Taça de Honra da 2ª divisão distrital de Beja, contrariando todas as expectativas… até as dos seus adeptos mais optimistas.
"As únicas pessoas que acreditavam nisto era eu e os jogadores", confessa ao "SW", com evidente (e natural) orgulho, o técnico Luís Coelho. "Se já era benéfico passarmos à segunda fase da Taça, passarmos às meias-finais e depois vencer a final foi espectacular", acrescenta o treinador de 44 anos, que depois de nos últimos três anos ter representado o clube como atleta assumiu, nesta temporada, o comando técnico da equipa.
O Naverredondense chegou à final four da Taça da Honra da 2ª divisão distrital de Beja depois de ter vencido a Série D da fase de grupos, com sete pontos conquistados em três jornadas. Nas meias-finais, disputadas a 19 de Outubro em Barrancos, a equipa derrotou o "super-favorito" União Serpense por duas bolas a uma. E na final, que se realizou no dia seguinte em Sabóia, a formação da Nave Redonda derrotou o GDR Amoreiras-Gare por 4-2.
"A maior parte das pessoas não conhece estes jogadores e, se calhar, estes bons resultados foi por eles não nos conhecerem e não se prepararem devidamente. Porque ganhámos a boas equipas, que não o deixam de ser por terem perdido connosco. Mas também não somos o Naverredondense de há três anos atrás, de certeza absoluta", vinca Luís Coelho.
Segundo o técnico do Beira Serra, quando estava dentro das quatro linhas o que mais costumava ouvir da bancada eram frases do género "Como é que não ganharam à Nave Redonda…". "E agora já dizem: 'Temos de ganhar ao campeão!'. É uma mudança de mentalidade muito grande e que até é estranha para alguns jogadores", observa.
Esta reviravolta completa deve-se, na opinião de Luís Coelho, ao grande espírito "de união" que existe no seio do plantel. "O verdadeiro segredo destas vitórias é a união. Posso garantir que, com 44 anos e quase 30 de futebol, este é o melhor balneário por onde passei. E feito assim em dois ou três meses", sublinha.
A isto o técnico acrescenta as mudanças operadas no clube no plano organizacional. "As condições que pedi e que o presidente garantiu foi em termos de organização. O clube deu uma volta da cabeça aos pés. Estamos mais organizados em tudo, desde refeições a condições de transporte", destaca Luís Coelho, que ainda assim tem noção que a sua equipa não é imbatível e que "não vai ganhar todos os jogos". Porém, a ambição é mais que muita e sonhar é completamente legítimo.
"O nosso grande objectivo é ganhar o próximo jogo, com o Pereirense. E depois logo se vê… Mas quem é que não quer chegar à segunda fase? Por isso, vamos pensando só jogo-a-jogo, porque estamos a jogar contra equipas que treinam e que pagam a jogadores. Aqui recebem os jogadores sandes e fruta, que mais lhes posso exigir?", remata com um brilhozinho nos olhos.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

09h00 - sábado, 07/12/2019
Novo monumento
inaugurado no Lousal
A Câmara de Grândola inaugura neste sábado, 7, pelas 16h00, um novo monumento de arte pública na aldeia mineira do Lousal, criado ao longo do último ano através de um projecto comunitário.
07h00 - quarta, 04/12/2019
Curso técnico superior
arrancou em Grândola
Arrancou na passada semana a edição de 2019-2020 do Curso Técnico Superior Profissional de Gestão de Turismo do Politécnico de Setúbal, que pela primeira vez vai decorrer na vila de Grândola.
08h00 - terça, 03/12/2019
Vila de Grândola
com luzes de Natal
de baixo consumo
Já estão ligadas as iluminações de Natal na vila de Grândola, que este ano são formadas por cerca de 150 mil lâmpadas LED de baixo consumo, colocadas em espaços públicos emblemáticos e centrais da "vila morena".
07h00 - quarta, 27/11/2019
Obras de requalificação
na Olaria de Melides
A Câmara Municipal de Grândola já iniciou as obras de requalificação da Olaria de Melides e de construção de um edifico para realização de oficinas, investimento avaliado em cerca de 306 mil euros.
07h00 - terça, 26/11/2019
PEV quer obras na
Secundária de Grândola
O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) defende a necessidade, a curto prazo, de obras de requalificação e reabilitação da Escola Secundária António Inácio da Cruz (ESAIC), no concelho de Grândola.

Data: 29/11/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial