07h00 - terça, 05/11/2019

Hélder Guerreiro: "Ligação com o mar
é fundamental para o Alentejo Litoral"

Hélder Guerreiro: "Ligação com o mar é fundamental para o Alentejo Litoral"

O mar será essencial ao desenvolvimento do Alentejo Litoral na próxima década! Essa é, pelo menos, a convicção de Hélder Guerreiro, vogal-executivo do programa operacional Alentejo 2020, que encara a ligação da região "com o mar" como absolutamente fundamental no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio (QCA), seja no plano da sustentabilidade ambiental e da mitigação das alterações climáticas, seja ao nível da economia associada aos recursos marítimos (incluindo o Turismo).
Em entrevista ao "SW", Hélder Guerreiro revela que a fase de planeamento do novo plano de acção regional (PAR) – que irá suceder ao Alentejo 2020 – deve estar concluída no final do primeiro semestre de 2020, sendo, para já, prematuro antever o que se poderá esperar do novo QCA. Porém, diz, é certo que o Alentejo "permanecerá num perfil de região de coesão e, portanto, continuará a precisar dos fundos estruturais".
"Não temos a expectativa de diminuição daquilo que é o recurso financeiro para o Alentejo", reforça Hélder Guerreiro, revelando que a fase de planeamento do PAR permitiu a definição de "seis grandes desafios". "São seis desafios centrais e que agora vamos discutir", anuncia.
Segundo o vogal do Alentejo 2020, o "desafio dos desafios" tem que ver com a sustentabilidade do território, associada à adaptação às alterações climáticas e à utilização racional da água. "Queremos que no próximo QCA a água seja o 'desafio central'. Vamos até tentar que este elemento 'água' possa ser tratado de forma transversal em relação a tudo e aos seis desafios", observa.
A esta questão juntam-se os desafios da demografia e da necessidade de o Alentejo ter mais população, a definição de "melhores modelos de coordenação e trabalho colectivo", o "alargamento da base de competitividade" regional, o desenvolvimento do Sistema Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia, e as questões ligadas à mobilidade e conectividade das cidades, vilas e concelhos.

Oportunidades para
o Litoral Alentejano

No caso concreto do Alentejo Litoral – e excluindo a questão agrícola, que ficará cargo do novo Programa de Desenvolvimento Rural, gerido pelo Ministério da Agricultura –, Hélder Guerreiro prevê que o investimento de um milhão de euros previsto na criação do CIEMAR – Laboratório das Ciências do Mar "pode ser bastante interessante".
Ao mesmo tempo, diz, áreas como as energias renováveis e a adaptação às alterações climáticas "podem, a curto ou médio prazo, obrigar a uma readaptação da lógica industrial que existe associada a Sines".
Por isso mesmo, continua, "acho que no próximo QCA seria muito interessante que possa ser pensado o que é que aquela grande infra-estrutura pode, do ponto de vista da requalificação, ser daqui a 20 ou 30 anos". "Não falo do 'desmantelar' de Sines, mas sim de que futuros podemos apontar a partir de Sines para o Litoral Alentejano. Que novos futuros em termos energéticos e como porta de entrada para o mundo", vinca.
Em simultâneo, Hélder Guerreiro entende que "a questão da ligação com o mar continuará a ser absolutamente fundamental para o resto da costa" do Alentejo Litoral, até por estar previsto "um pacote de fundos ao nível da sustentabilidade ambiental e das alterações climáticas onde a linha de costa é uma das 'frentes de batalha' para os processo de adaptação e mitigação das alterações climáticas".
Por outro lado, o gestor do Alentejo 2020 entende fazer sentido "continuar a aproveitar" as "componentes de competitividade associadas a Sines e a "competitividade ambiental do território", "até do ponto de vista turístico", dando como exemplo o projecto da Rota Vicentina.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 02/07/2020
CM Santiago do Cacém renova
medidas de apoio contra Covid-19
A Câmara de Santiago do Cacém decidiu renovar algumas das medidas "extraordinárias e de carácter urgente" para apoio social e económico no concelho no combate à pandemia da Covid-19.
07h00 - quarta, 01/07/2020
CM Santiago apela ao
consumo no comércio local
A Câmara de Santiago do Cacém acaba de lançar a campanha "Ajude a economia local, compre no comércio tradicional", onde apela aos munícipes para que façam as suas compras nas lojas e estabelecimentos comerciais do concelho, por forma a ajudar a economia local a recuperar da crise causada pela pandemia da Covid-19.
07h00 - segunda, 29/06/2020
Obras na rede de água
em Ermidas-Sado
A Câmara de Santiago do Cacém já adjudicou a empreitada de requalificação da rede de distribuição de água de Ermidas-Sado à empresa Rui Candeias Lda, investimento avaliado em quase 167 mil euros.
12h30 - sexta, 26/06/2020
ULSLA tem novo conselho de administração
Catarina Filipe, até agora vogal-executiva da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, vai a ser nova presidente da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), com sede em Santiago do Cacém, sucedendo no cargo a Luís Matias, apurou o "SW" junto de fonte oficial do Ministério da Saúde.
07h00 - sexta, 26/06/2020
Nova viatura 4X4
entregue ao HLA
Várias empresas directamente ligadas ao Complexo Industrial, Logístico e Portuário de Sines entregam nesta sexta-feira, 26, pelas 10h00, uma nova Unidade Móvel 4x4 ao Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

Data: 19/06/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial