07h00 - terça, 18/02/2020

Banda "Suspeitos
do Costume" edita
segundo álbum

Banda "Suspeitos do Costume" edita segundo álbum

Um disco de punk-rock, bastante melódico e que faz um retrato dos tempos que vivemos: assim se pode sintetizar "Salve-se quem puder", o segundo disco de originais da banda odemirense "Suspeitos do Costume".
O álbum foi editado no final de 2019 e assinala a evolução sonora do grupo formado por Rui Matos "Manilha" (voz), Telmo Carrilo (guitarra), Adriano de Almeida (guitarra), Ricardo Martins (baixo) e João Emídio (bateria).
"Salve-se Quem Puder" é "um álbum de punk-rock rápido mas muito melódico, com letras que abordam temas muito fortes e actuais. É basicamente um retrato do mundo visto pelos nossos olhos", observa ao "SW" o guitarrista Telmo Carrilo, que reconhece as diferenças entre este disco e "Remar contra a maré", editado em 2016.
"O 'Remar contra a maré' foi o nosso disco de estreia e como tal foi um disco mais despreocupado, com algumas características típicas de uma banda ainda recente à procura de uma identidade. Neste novo trabalho tudo foi diferente. Tínhamos de fazer algo mais forte, mais maduro e mais profissional. Sabíamos que esse era o único caminho e que este tinha de ser o disco de afirmação dos 'Suspeitos do Costume'", diz.
Na opinião de Telmo Carrilo, "Salve-se quem puder" é um álbum que se aproxima "muito" daquilo que a banda idealizou inicialmente, antes de entrar para estúdio. "Talvez em alguns pontos até tenha superado as nossas expectativas", refere o guitarrista.
A percepção de Telmo Carrilo vai de encontro àquelas que tem sido as críticas feitas ao novo disco dos "Suspeitos do Costume". "Temos tido comentários muito positivos ao álbum e à forma como os temas novos funcionam ao vivo", reconhece o músico odemirense, para logo acrescentar: "Da mesma forma que criámos uma grande expectativa com o resultado final do álbum, também criámos uma enorme expectativa sobre o impacto que este álbum teria sobre as pessoas no meio do punk-rock. Estamos convictos de que contribuímos para o underground nacional com um bom álbum".
"Salve-se quem puder" é o segundo disco dos "Suspeitos do Costume", sendo que a sua gravação ajudou a banda "a crescer e entender qual é o caminho a seguir".
"Muito disso devemos ao Miguel Marques, do Generator Music Studio, que soube de forma absolutamente engenhosa filtrar um monte de ideias meio soltas que a banda tinha e mostrar-nos um linha a seguir", frisa Telmo Carrilo.
Ainda assim, continua o guitarrista, as sonoridades punk-rock continuam a ser a "matriz" da banda de Odemira.
"No entanto, existem muitos caminhos possíveis dentro disso e talvez tenhamos encontrado a nossa identidade num punk-rock mais maduro, mais intenso, com letras e instrumentais mais elaborados", conclui o guitarrista.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 13/08/2020
OP de Odemira 2020
recebeu 56 propostas
A população do concelho de Odemira apresentou um total de 56 propostas de investimento público, no âmbito do "Orçamento Participativo" (OP) 2020, promovido pela autarquia local.
07h00 - quinta, 13/08/2020
Associação Tic Tac
celebra 5º aniversário
A associação Tic Tac, com sede no concelho de Odemira, assinala nesta quinta-feira, 13 de Agosto, o quinto aniversário da sua fundação, período ao longo do qual tem dinamizado diversas acções ligadas à Educação e à juventude.
07h00 - quarta, 12/08/2020
Clubes certificados
recebem apoio da AFBeja
A Associação de Futebol de Beja (AFBeja) decidiu atribuir um apoio financeiro adicional aos clubes de futebol e futsal filiados que obtiveram certificação pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na época de 2019-2020.
07h00 - terça, 11/08/2020
Rota Vicentina apela à
"consciência" dos turistas
A Rota Vicentina veio a público apelar "a uma conduta consciente" por parte de todos os visitantes do Alentejo Litoral, nomeadamente os que praticam campismo e caravanismo, o que devem fazer "exclusivamente" nos parques de campismo da região.
07h00 - terça, 11/08/2020
Seca preocupa autarcas da área do Parque Natural
Os presidentes das câmaras municipais de Odemira, Sines, Aljezur e Vila do Bispo manifestaram-se preocupados com a seca que afecta as bacias do Mira e do Barlavento algarvio, exigindo "a elaboração de planos de contingência" para fazer face a uma situação que "tende a agravar-se".

Data: 31/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial