07h00 - quarta, 25/03/2020

Utente transferida para UCC
de Odemira sem teste à Covid-19

Utente transferida para UCC de Odemira sem teste à Covid-19

Uma utente foi transferida na segunda-feira, 23, da Unidade de Cuidados Continuados (UCC) de Santiago do Cacém para a UCC da Misericórdia de Odemira (SCMO) sem que, como recomenda a Direcção Geral da Saúde (DGS), tivesse realizado o teste laboratorial à Covid-19. A situação é denunciada pelo provedor da instituição, que critica a actuação da Equipa de Coordenação Regional (ECR) do Alentejo da Rede Nacional dos Cuidados Continuados Integrados.
Em declarações ao "SW", Francisco Ganhão lembra que a orientação da DGS emitida a 20 de Março preconizava que para a admissão de novos residentes/ utentes nas UCC tinha ser realizado o teste laboratorial à Covid-19, assim como cumprido um período de quarentena de 14 dias, independentemente da avaliação clínica ou do resultado laboratorial.
Contudo, a utente que deu entrada na UCC de Odemira às 10h20 de segunda-feira, 23, não fez o teste ao novo vírus, o que causou enorme apreensão no seio da instituição. "Estamos a lidar com seres humanos e não com máquinas. E, como deve calcular, isto causa um grande pânico e instabilidade nas equipas", sublinha Francisco Ganhão.
O provedor da SCMO acrescenta que a senhora está "em quarentena" e "não apresenta sintomas". "Mas como sabemos, há pessoas que são assintomáticas", continua o provedor, garantindo que será a própria Misericórdia de Odemira a custear o teste a esta utente, por forma a tranquilizar a comunidade.
Tudo isto leva o provedor da Misericórdia de Odemira a deixar um apelo: "Ou trabalhamos todos no mesmo sentido, apostando na prevenção, e as tudo funcionam, ou acontece o que aconteceu no fim-de-semana no Norte" de Portugal. "Sabemos que isto é algo novo e que estamos todos num caminho muito estreito, longo e escuro. Mas temos de colaborar uns com os outros, senão é o caos total", frisa Francisco Ganhão.
A provedoria da SCMO já alertou a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, através da ECR da Rede Nacional de Cuidados Continuados, para o sucedido, sem que tenha ainda obtido qualquer reacção ou explicação.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 13/08/2020
OP de Odemira 2020
recebeu 56 propostas
A população do concelho de Odemira apresentou um total de 56 propostas de investimento público, no âmbito do "Orçamento Participativo" (OP) 2020, promovido pela autarquia local.
07h00 - quinta, 13/08/2020
Associação Tic Tac
celebra 5º aniversário
A associação Tic Tac, com sede no concelho de Odemira, assinala nesta quinta-feira, 13 de Agosto, o quinto aniversário da sua fundação, período ao longo do qual tem dinamizado diversas acções ligadas à Educação e à juventude.
07h00 - quarta, 12/08/2020
Clubes certificados
recebem apoio da AFBeja
A Associação de Futebol de Beja (AFBeja) decidiu atribuir um apoio financeiro adicional aos clubes de futebol e futsal filiados que obtiveram certificação pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na época de 2019-2020.
07h00 - terça, 11/08/2020
Rota Vicentina apela à
"consciência" dos turistas
A Rota Vicentina veio a público apelar "a uma conduta consciente" por parte de todos os visitantes do Alentejo Litoral, nomeadamente os que praticam campismo e caravanismo, o que devem fazer "exclusivamente" nos parques de campismo da região.
07h00 - terça, 11/08/2020
Seca preocupa autarcas da área do Parque Natural
Os presidentes das câmaras municipais de Odemira, Sines, Aljezur e Vila do Bispo manifestaram-se preocupados com a seca que afecta as bacias do Mira e do Barlavento algarvio, exigindo "a elaboração de planos de contingência" para fazer face a uma situação que "tende a agravar-se".

Data: 31/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial