07h00 - quarta, 25/03/2020

Utente transferida para UCC
de Odemira sem teste à Covid-19

Utente transferida para UCC de Odemira sem teste à Covid-19

Uma utente foi transferida na segunda-feira, 23, da Unidade de Cuidados Continuados (UCC) de Santiago do Cacém para a UCC da Misericórdia de Odemira (SCMO) sem que, como recomenda a Direcção Geral da Saúde (DGS), tivesse realizado o teste laboratorial à Covid-19. A situação é denunciada pelo provedor da instituição, que critica a actuação da Equipa de Coordenação Regional (ECR) do Alentejo da Rede Nacional dos Cuidados Continuados Integrados.
Em declarações ao "SW", Francisco Ganhão lembra que a orientação da DGS emitida a 20 de Março preconizava que para a admissão de novos residentes/ utentes nas UCC tinha ser realizado o teste laboratorial à Covid-19, assim como cumprido um período de quarentena de 14 dias, independentemente da avaliação clínica ou do resultado laboratorial.
Contudo, a utente que deu entrada na UCC de Odemira às 10h20 de segunda-feira, 23, não fez o teste ao novo vírus, o que causou enorme apreensão no seio da instituição. "Estamos a lidar com seres humanos e não com máquinas. E, como deve calcular, isto causa um grande pânico e instabilidade nas equipas", sublinha Francisco Ganhão.
O provedor da SCMO acrescenta que a senhora está "em quarentena" e "não apresenta sintomas". "Mas como sabemos, há pessoas que são assintomáticas", continua o provedor, garantindo que será a própria Misericórdia de Odemira a custear o teste a esta utente, por forma a tranquilizar a comunidade.
Tudo isto leva o provedor da Misericórdia de Odemira a deixar um apelo: "Ou trabalhamos todos no mesmo sentido, apostando na prevenção, e as tudo funcionam, ou acontece o que aconteceu no fim-de-semana no Norte" de Portugal. "Sabemos que isto é algo novo e que estamos todos num caminho muito estreito, longo e escuro. Mas temos de colaborar uns com os outros, senão é o caos total", frisa Francisco Ganhão.
A provedoria da SCMO já alertou a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, através da ECR da Rede Nacional de Cuidados Continuados, para o sucedido, sem que tenha ainda obtido qualquer reacção ou explicação.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quarta, 23/06/2021
Casal detido
por cultivar canábis
em Milfontes
Um casal foi detido pela GNR nesta segunda-feira, 21, em Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, por suspeitas da prática do crime de cultivo de canábis.
07h00 - quarta, 23/06/2021
Volta ao Alentejo
em bicicleta passa
pelo Alentejo Litoral
Um pelotão de 124 ciclistas, em representação de 18 equipas, vai correr a 38ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta, na estrada a partir desta quarta-feira, 23, com início em Reguengos de Monsaraz e final em Évora.
07h00 - quarta, 23/06/2021
APA solicita libertação
de água para caudal do Mira
A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) solicitou à Associação de Beneficiários do Mira (ABM) a libertação de água da albufeira de Santa Clara para o caudal ecológico do rio Mira, no concelho de Odemira.
07h00 - terça, 22/06/2021
Canoagem promovida
nas escolas de Odemira
Promover a prática da canoagem entre a comunidade estudantil é a grande meta do protocolo estabelecido, no âmbito do Desporto Escolar, entre o Agrupamento de Escolas de Odemira (AEO) e o Clube Fluvial Odemirense (CFO).
07h00 - segunda, 21/06/2021
Praia para uso canino
criada em Milfontes
Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, revela o vice-presidente da câmara, Ricardo Cardoso.

Data: 18/06/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial