09h00 - segunda, 25/05/2020

Freguesia
de São Luís sem
médico há meses

Freguesia de São Luís sem médico há meses

A Junta de Freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, está indignada pela falta de profissionais de saúde na Extensão de Saúde local, sendo que de momento a freguesia não conta com médico, enfermeiros ou sequer serviços administrativos. Em comunicado enviado ao "SW", o presidente da Junta de Freguesia, Fernando Parreira, considera mesmo que em São Luís o Estado está a incumprir com a Constituição da República Portuguesa, "que consagra no seu Artigo 64 que 'Todos tem direito a protecção da saúde e o dever de a defender e promover'".
De acordo com o autarca, em São Luís "não existe o cumprimento dos planos de saúde e a actualização regular da medicação/ receituário de utentes é garantida com o apoio da Junta de Freguesia", que, "perante a situação assumiu enviar, receber e entregar o receituário aos utentes quando se agravou a dificuldade de recursos em consequência da pandemia Covid-19".
Além do mais, acrescenta Fernando Parreira, "convivemos diariamente com as dificuldades, com os sentimentos de impotência e com o agravar da saúde de centenas de idosos, doentes crónicos e famílias que não têm capacidade económica e nem alternativa para consultas, pois o Centro de Saúde de Odemira não funciona como referência, na medida em que não consegue dar resposta às necessidades dos utentes sem médico de família nesta e noutras extensões de saúde".
Mas mesmo que o Centro de Saúde de Odemira "funcionasse com mais recursos, o acesso de utentes a dezenas de quilómetros seria também difícil perante os custos e as acessibilidades precárias de transporte", acrescenta.
Nesse sentido, Fernando Parreira apela aos directores das unidades orgânicas do Centro de Saúde de Odemira e aos membros da administração da Unidade Local de Saúde do Alentejo Litoral, "que enquanto responsáveis por serviços e estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde possam reflectir acerca do estado da saúde na freguesia de Sao Luís e no concelho de Odemira".
O presidente da Junta de São Luís afiança que, "perante a gravidade da situação e preocupados com as consequências da sua eternização, continuaremos disponíveis para colaborar com as entidades competentes para identificação de soluções".
"Estaremos ao lado da comunidade e de outras freguesias e organismos para uma forte e justa mobilização dos utentes até à garantia dos direitos consagrados e acima mencionados, que em muitos casos fazem do nosso Serviço Nacional de Saúde uma política por excelência", conclui o comunicado, que a Junta de Freguesia de São Luís vai fazer chegar a diversos responsáveis locais, regionais e nacionais, incluindo o Presidente da República e o primeiro-ministro.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 14/07/2020
CM Grândola requalifica
Casa Frayões Metello
A Câmara de Grândola iniciou esta semana as obras de requalificação da Casa Frayões Metello, avaliadas em cerca de 830 mil euros (mais IVA), onde será instalado o futuro Núcleo Museológico de Etnografia do Município.
07h00 - segunda, 06/07/2020
Gaspachos e beldroegas
à mesa em Grândola
Decorre até ao próximo domingo, 12, mais uma edição das semanas gastronómicas de Grândola, desta feita dedicadas ao tradicional e típico gaspacho, às saladas frescas de verão e às beldroegas.
07h00 - quarta, 01/07/2020
Grândola renova medidas de apoio
a famílias, empresas e instituições
A Câmara de Grândola aprovou, nesta terça-feira, 30 de Junho, em reunião extraordinária do executivo, a renovação por mais três meses das medidas municipais extraordinárias de apoio a famílias, empresas e instituições locais devido à pandemia da Covid-19.
07h00 - sexta, 26/06/2020
Surto de Covid após
festa em parque de
campismo de Grândola
Uma festa de jovens no Parque de Campismo da Galé, no concelho de Grândola, há cerca de duas semanas poderá estar na origem de um surto de Covid-19 na região, já com 20 pessoas infectadas, todas entre os 15 e os 20 anos.
07h00 - quarta, 17/06/2020
Grândola vai requalificar
antigos Paços do Concelho
A Câmara de Grândola vai avançar com as obras de requalificação dos antigos Paços do Concelho, edifício que data do século XVIII, num investimento já adjudicado e que terá um custo total de pouco mais de 471 mil euros mais IVA.

Data: 03/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial