07h00 - sexta, 24/07/2020

Autarca de Alcácer do Sal exige
retirada de madeira contaminada

Autarca de Alcácer do Sal exige retirada de madeira contaminada

O presidente da Câmara de Alcácer do Sal exige que a Sonae Indústria retire imediatamente a madeira contaminada que tem instalada num terreno localizado no concelho.
Vítor Proença visitou nesta quinta-feira, 23, o local, na Avenida José Saramago, no qual estão instaladas mais de 16 mil toneladas de madeira, alguma dela contaminada com uma praga que alastrou já a terrenos contíguos.
"Esta instalação, da responsabilidade da Sonae Indústria, representa um risco considerável devido à carga térmica existente, à proximidade de áreas de pinhal denso e, sobretudo, de habitações e comércio, com os bairros de São João e Olival Queimado a distarem menos de 200 metros do referido local", alerta o autarca.
Vítor Proença, que reuniu no local com responsáveis pela Sonae Indústria, diz ainda que "além de não ter entrado nos serviços municipais da autarquia qualquer pedido de licenciamento/autorização para este parque de madeiras, verifica-se que, no local, não existe qualquer tipo de equipamentos de intervenção de combate a incêndios, como, por exemplo, a rede de água de combate a incêndios".
Além do mais, acrescenta, não só se está na presença de uma "gigantesca carga combustível, com milhares de toneladas de madeira praticamente desprovida de humidade, mas também por uma praga trazida por uma das cargas feitas pela empresa, que já alastrou inclusive às árvores dos terrenos adjacentes".
Entretanto, revela a autarquia, "devido à pressão do Município de Alcácer do Sal, a Sonae já começou a retirar alguma da madeira presente no local, sendo que a empresa entrou já em contacto com os proprietários dos terrenos circundantes para os ressarcir relativamente aos efeitos da praga, que afecta sobretudo a casca e a copa das árvores, levando à sua morte passados poucos dias".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 01/10/2020
António Camilo reeleito
nos Bombeiros de Odemira
António Camilo foi reeleito nesta quarta-feira, 30 de Setembro, em Assembleia Geral, presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Odemira, cargo que vai continuar a desempenhar até 2022.
07h00 - quinta, 01/10/2020
"Berry Nice Day" apoia
instituições de Odemira
A empresa multinacional Driscoll's, que tem explorações agrícolas e uma unidade industrial no concelho de Odemira, promove a partir desta quinta-feira, 1, mais uma edição da iniciativa "Berry Nice Day", este ano em formato virtual devido à pandemia.
07h00 - quarta, 30/09/2020
Acção judicial avança em
defesa do Parque Natural
O movimento de cidadãos "Juntos pelo Sudoeste", juntamente com a Associação Foz do Mira, apresentou, na passada semana, uma acção judicial no Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja, no sentido de garantir a defesa dos valores do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV).
07h00 - terça, 29/09/2020
Odemira aprova moção sobre
transportes escolares no concelho
A Assembleia Municipal de Odemira aprovou na sexta-feira, 25, por unanimidade uma moção, apresentada pelos eleitos do PS, onde manifesta as suas preocupações relativamente ao transporte escolar no concelho no presente ano escolar de 2020-2021.
07h00 - segunda, 28/09/2020
Assembleia Municipal
de Odemira aprova
moção sobre água
Os eleitos da Assembleia Municipal de Odemira defendem que a Câmara de Odemira, "em articulação com os restantes municípios do país, deverá desenvolver de imediato esforços junto de quem de direito para que os municípios portugueses onde existam barragens de água para abastecimento público, regadio e outros fins devam fazer parte integrante dos órgãos de decisão de planeamento e gestão das respectivas bacias hidrográficas".

Data: 18/09/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial