07h00 - segunda, 19/07/2021

Odemira: Mariana Martins
é a primeira mulher licenciada
em guitarra portuguesa

Odemira: Mariana Martins é a primeira mulher licenciada em guitarra portuguesa

Quando o professor José Alegre lhe colocou uma guitarra portuguesa nas mãos pela pri-meira vez, a então muito pequenina Mariana Martins apaixonou-se de imediato. "Foi amor à primeira nota", confidencia a jovem de 21 anos, natural de Boavista dos Pinhei-ros (Odemira), que acaba de se tornar na primeira mulher em todo o mundo com uma licenciatura em guitarra portuguesa.
Foi na passada semana, a 5 de julho, que Mariana Martins cumpriu o sonho que perse-guia há já 10 anos, concluindo a licenciatura em Guitarra Portuguesa na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Foi a primeira mulher a consegui-lo, depois de também já ter sido a primeira a entrar neste curso.
"Saí de casa dos meus pais com 15 anos para ir estudar para Lagoa e seguir este sonho" e esta licenciatura "representa 10 anos de trabalho, em que nunca deixei o meu sonho ir abaixo", conta a jovem guitarrista ao "SW".
"Por isso, tudo isto significa muito para mim, porque já houve muito sacrifício. E quando consegui terminar a licenciatura foi como um respirar fundo… Ainda não caí bem na realidade", acrescenta a sorrir.
A ligação de Mariana Martins à guitarra portuguesa começou muito cedo, ainda nos bancos da escola primária. Incentivada pela mãe e por uma professora, colocou de parte o violino e a percussão e aventurou-se a dedilhar as cordas de um instrumento que, des-de então, nunca mais largou.
"Nem sabia o que era, mas confiei nelas e segui a guitarra portuguesa. E desde o dia em que professor José Alegre me pôs a guitarra portuguesa nas mãos, em que nem tocava com os 'pézinhos' no chão nem tinha uma postura correta e em que a guitarra era uma coisa gigante no meu colo, foi paixão imediata", recorda.
Uma paixão que tem mantido ao longo do anos e que levou mesmo Mariana Martins a sair da casa dos pais com apenas 15 anos, para prosseguir os estudos em Lagoa, no Al-garve, uma vez que em Odemira já não havia ensino articulado de música.
Foi nessa mudança que reencontrou o professor José Alegre, que acabou por a acompa-nhar nos anos seguintes. "A forma de ensinar do professor foi-me apaixonando pela gui-tarra portuguesa e decidi logo que queria ser guitarrista", diz.
Além do mais, continua, o facto do professor ser, em simultâneo, o primeiro licenciado em guitarra portuguesa em todo o mundo ainda incentivou mais a jovem odemirense. "Isso para mim foi um exemplo e disse logo que ia ser, a seguir ao meu professor, a pri-meira licenciada. E consegui! Consegui transformar aquela brincadeira de criança em realidade", conta.
Concluída a licenciatura, Mariana Martins pretende fazer o mestrado. Mas ao mesmo tempo irá continuar a dar aulas, função que exerce desde o segundo ano do curso, acompanhando alunos dos sete aos 17 anos em três agrupamentos de escolas em Lagoa e em Portimão, assim como na Academia de Música de Portimão e no Conservatório de Artes de Lagoa.
"Estou a adorar dar aulas. Os meus alunos dão-me agora aquela felicidade que eu sentia quando tinha aulas e gostava muito de seguir a via do ensino", assume.
Uma carreira artística também está nos planos de Mariana Martins, que já integra o "Trio de Guitarras" com amigos em Odemira, além de fazer algumas apresentações a solo em eventos privados no Algarve. "Gostava muito de continuar a dar concertos e de fazer uma coisa mais profissional", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sábado, 16/10/2021
Workshop de
alimentação saudável
em São Luís
A Câmara de Odemira promove neste sábado, 16, pelas 15h00, no Mercado Municipal da localidade de São Luís, o workshop "Alimentação Saudável".
07h00 - sábado, 16/10/2021
Jovem de Odemira
encena peça de Hemingway
"Muito para o Largo ou Santiago e o Mar" é o título da peça de teatro, com encenação e interpretação da jovem atriz odemirense Sónia Barradas, que vai ser apresentada em Odemira neste sábado, 16.
07h00 - quinta, 14/10/2021
Dispositivo de combate a
incêndios rurais prorrogado
O ministro da Administração Interna anunciou a prorrogação, até 31 de Outubro, do dispositivo terrestre de combate a incêndios rurais nos corpos de bombeiros.
14h37 - terça, 12/10/2021
Prisão preventiva para
suspeito de atear incêndio
nas instalações do CFO
O alemão de 35 anos suspeito da autoria do incêndio que na madrugada de sábado, 9, destruiu as instalações do Clube Fluvial Odemirense (CFO), em Odemira, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.
07h01 - terça, 12/10/2021
Câmara de Odemira vai
apoiar Fluvial Odemirense
O novo presidente da Câmara de Odemira, o socialista Hélder Guerreiro, anunciou nesta segunda-feira que a autarquia está "totalmente disponível" para apoiar o Clube Fluvial Odemirense (CFO), cujas instalações foram destruídas por um incêndio na madrugada de sábado, 9.

Data: 15/10/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial