17h49 - quinta, 02/08/2018

Elogio ao empreendedor


Carlos Pinto
Num tempo em que o atavismo por vezes se sobrepõe à vontade de executar, é de louvar aqueles que fazem, que assumem o risco de falhar e que ousam desafiar o que está estabelecido. Daí que apesar de empreender ser um dos verbos mais recentes no nosso léxico diário, nem todos ainda o saibam (ou queiram) conjugar. Porque isto de inovar, de investir, de correr riscos e de ter de recomeçar não é para todos.
Vem isto a propósito de mais uma edição do prémio "Espírito Empreendedor", entregue pela Câmara Municipal de Odemira durante a FACECO 2018 e que ficou marcada pela juventude dos candidatos [ver notícia na página 4]. Novos investidores que assumiram o risco de empreender num território do interior, contrariando os fatalismos do costume. Por isso mesmo, merecem todos os elogios possíveis e inimagináveis.
Mas neste campo há que olhar também para o outro lado e elogiar igualmente quem promove o empreendedorismo. E nesse aspecto o Município de Odemira dá cartas (na região e no país), pois não se limita a ficar confortavelmente à espera que os empresários avancem por sua iniciativa e risco. Pelo contrário, a autarquia odemirense é, também ela, empreendedora, estando ao lado de quem quer investir em projectos que abram novos horizontes ao território. E isso é de louvar!

2. A afirmação é do secretário de Estado da Energia a propósito do projecto da ENI e GALP para prospecção de hidrocarbonetos ao largo do Alentejo Litoral: "O país deve querer conhecer os seus recursos e depois, no momento certo, tomar a decisão se os deve explorar ou não", afirma Jorge Seguro Sanches. Pois parece-nos que esta não é a melhor das argumentações, além de contrariar o espírito do que deve ser uma estratégia de desenvolvimento sustentável e sustentada nas energias renováveis. Por isso mesmo, faz bem a Câmara de Odemira em avançar, junto com as autarquias do Algarve, com uma acção no Tribunal Europeu.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 01/06/2020
Odemira cria fundos de emergência
para apoiar famílias e empresas
Minimizar o impacto da crise social e económica nas famílias e empresas do concelho de Odemira e fazer face à diminuição dos rendimentos causada pela pandemia da Covid-19 é a meta dos fundos de emergência criados pela Câmara Odemira, no valor total de 1,25 milhões de euros.
07h00 - segunda, 01/06/2020
Câmara de Alcácer vai
comprar três autocarros
A Câmara de Alcácer do Sal aprovou na passada semana, em reunião do executivo, a abertura de um concurso público internacional para a aquisição de três viaturas pesadas de passageiros.
07h00 - segunda, 01/06/2020
Novas "live cam" em
praias de Grândola
As praias de Melides, Carvalhal e Comporta, todas no concelho de Grândola, já têm uma "live cam", que permitem visualizar 24 horas por dia, sete dias por semana e em tempo real, as condições das três praias.
07h00 - sexta, 29/05/2020
PSD questiona caravanismo
"selvagem" no Alentejo Litoral
O PSD pretende saber se o Governo vai rever o actual quadro legal para proteger regiões como a Costa Vicentina e o Sudoeste Alentejano da prática daquilo que apelida de "auto-caravanismo selvagem".
07h00 - sexta, 29/05/2020
CM Alcácer pede
subsídio de insalubridade
e risco para trabalhadores
A Câmara de Alcácer do Sal aprovou esta semana, em reunião do executivo, um pedido ao Governo para a atribuição de um subsídio de insalubridade e risco aos seus trabalhadores, dada a actual pandemia de Covid-19.

Data: 22/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial