11h59 - quinta, 07/05/2020

Uma nova oportunidade


Carlos Pinto
Há anos que grande parte do comércio tradicional/ local enfrenta dificuldades, seja em Lisboa e no Porto, seja em Macedo de Cavaleiros ou em Odemira. Primeiro foram as grandes superfícies a levar parte dos clientes, atraídos pela farta iluminação e pela possibilidade de conciliar um passeio com a aquisição dos produtos que necessitava. Depois veio a massificação das vendas online, em que através do computador se pode comprar o último grito da moda ou da tecnologia nos EUA ou Japão e esperar, comodamente, pela sua entrega em casa. E enquanto tudo isto acontecia, o movimento nas lojas de bairro ou dos centros das vilas e aldeias começou a definhar, lenta mas inexoravelmente (nem sequer os saldos já ajudavam), salvo as excepções em que os comerciantes se souberam reinventar ou em que a qualidade dos artigos disponíveis superava os "atractivos" da concorrência.
É num quadro de crise generalizada do comércio local/ tradicional que a pandemia da Covid-19 surge como… uma oportunidade! Seguramente que as compras online serão cada vez mais uma opção de todos nós, mas também é certo que demorará bastante tempo até podermos frequentar uma grande superfície comercial com tranquilidade e sem necessidade de tantas restrições à circulação. E este último dado constitui uma excelente ocasião para o comércio das nossas vilas e aldeias ganhar novo fôlego.
Tal sucederá se, por um lado, houver capacidade destas lojas e comerciantes se adaptarem às novas exigências dos clientes, seja nos produtos que são disponibilizados, seja, sobretudo, na forma de atendimento e de relacionamento. E, por outro lado, é preciso igualmente que todos nós, consumidores, tenhamos noção da importância – mais ainda neste momento – de frequentarmos (e privilegiarmos) o comércio local.
Se o fizermos estaremos a ajudar directamente a economia local e, por consequência, a nós próprios. É uma lógica simples de compreender… e de concretizar. E se assim for, esta crise será bem menos profunda do que todos tememos.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 24/09/2020
Porto de Sines no maior
evento ibérico de gás natural
O Porto de Sines termina nesta quinta-feira, 24, a sua participação no "Green Gas Mobility Online Event", o maior evento ibérico do sector do gás natural e que tem como objectivo "debater temáticas relacionas com gás natural e gases renováveis".
07h00 - quinta, 24/09/2020
Novo sistema de tratamento
de esgotos na Comporta
A localidade da Comporta, no concelho de Alcácer do Sal, vai ter um novo sistema de pré-tratamento de esgotos, sendo que a nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) local permitirá reaproveitar águas.
07h00 - quinta, 24/09/2020
CM Grândola cancela
Feira do Chocolate
A Câmara de Grândola decidiu na passada semana, em reunião extraordinária do executivo, cancelar a edição 2020 da Feira do Chocolate, "devido à situação epidémica que se vive no país e no mundo".
07h00 - quarta, 23/09/2020
Câmara de Alcácer
adjudica empreitada
em Foros de Albergaria
A Câmara de Alcácer do Sal e a empresa José Marques Gomes Galo SA já assinaram o auto de consignação das obras de remodelação de infra-estruturas de Foros de Albergaria, avaliadas em quase 717 mil euros.
07h00 - quarta, 23/09/2020
Câmara de Grândola
investe na segurança
das escolas locais
A Câmara de Grândola reforçou a "qualidade e segurança" das escolas do concelho, tendo em vista dar resposta ao "desafio do regresso ao ensino presencial" no ano lectivo de 2020-2021 devido à pandemia da Covid-19.

Data: 18/09/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial