13h01 - quinta, 15/10/2020

Estaremos de regresso a Março?


Carlos Pinto
Os últimos dias têm sido marcados pelo crescimento alarmante dos números da Covid-19 em todo o mundo, confirmando o que muitos peritos desde cedo alertaram: haveria uma segunda vaga da pandemia no início do Outono! Em Portugal esta previsão confirmou-se, com a quantidade de casos diários registados na última semana a igualar (e até a superar) aqueles que foram identificados nos meses de Março e Abril, aqueles em que o país foi obrigado ao confinamento.
Posto isto, o Governo decidiu colocar o país em Estado de Calamidade, apertando muito as regras e restrições a que todos estamos impostos. Mas só isto será insuficiente se todos nós, enquanto cidadãos e membros de uma comunidade, não interiorizarmos que a prevenção e a diminuição do número de casos depende em grande medida das nossas acções e opções no dia-a-dia.
É nesse sentido indispensável que todos cumpramos escrupulosamente com as regras de higienização e distanciamento social. Que evitemos os ajuntamentos na via pública. Que utilizemos máscara sempre que nos desloquemos por uma via pública onde haja mais cidadãos em circulação. Acima de tudo, que não facilitemos nem baixemos a guarda, para evitar um crescimento avassalador do número de casos e, sobretudo, do número de doentes internados com Covid-19.
Caso contrário, poderemos estar de regresso àquelas semanas intermináveis de confinamento que vivemos entre Março e Maio… E nesse caso, os problemas que se seguirão serão muito mais graves. Porque não haverá nem economia nem Estado social que aguente tamanha crise!

2. António Ceia da Silva foi eleito presidente da CCDR do Alentejo, sucedendo no cargo a Roberto Grilo, seu adversário nas eleições de 13 de Outubro [ver página 10]. Seguem-se cinco anos de mandato e um gigantesco desafio: concretizar todas as ambições (algumas há muito adiadas) do Alentejo. Que seja bem sucedido!



COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - terça, 24/11/2020
Oficina de ilustração
nas escolas de Santiago
Um total de 55 alunos e 12 professores da disciplina de Artes Visuais do terceiro ciclo e ensino secundário dos agrupamentos de escolas de Santo André, Santiago do Cacém e Professor Arménio Lança (Alvalade) participaram na iniciativa "Contos Malteses-Oficina de Ilustração", dinamizada pelo escritor e ilustrador Marco Taylor.
07h00 - terça, 24/11/2020
Sines celebra feriado
municipal de forma "online"
A Câmara de Sines assinala nesta terça-feira, 24, os seus 658 anos de existência (e respectivo feriado municipal) com um programa comemorativo maioritariamente online, tendo em conta a decreto de Estado de Emergência e a situação epidemiológica que se verifica no país e no concelho.
07h00 - terça, 24/11/2020
Câmara de Grândola
reduz IMI em 2021
A Câmara de Grândola aprovou na passada semana, por unanimidade, a proposta de redução do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) em 2021, passando de uma taxa de 0,36 aplicada este ano para 0,35 no próximo ano.
07h00 - segunda, 23/11/2020
Odemira termina formação
para governação integrada
O cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, recebeu na sexta-feira, 20, o evento "Odemira-Colaborar faz toda a diferença", que marcou o final do protocolo "Odemira na frente da Governação Integrada", estabelecido entre a autarquia local e o Govint-Fórum para a Governação Integrada.
07h00 - segunda, 23/11/2020
CM Grândola com orçamento
de 31 milhões de euros em 2021
A Câmara Municipal de Grândola vai contar com um orçamento de 31 milhões de euros em 2021, cerca de mais 500 mil euros que o valor orçamentado para o presente ano.

Data: 13/11/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial