14h54 - quinta, 30/09/2021

Um novo ciclo autárquico


Carlos Pinto
A noite eleitoral do passado domingo, 26 de setembro, não trouxe grandes surpresas ao Alentejo Litoral. Salvo a novidade de um novo presidente de câmara em Odemira, o que já era um dado adquirido em função da lei que prevê a limitação de mandatos, não se registaram grandes mudanças nos diversos órgãos autárquicos dos cinco concelhos do Alentejo Litoral. Como sempre, o povo decidiu, está decidido. E quando o povo vai às urnas decide sempre bem, por mais que isso possa custar a alguns.
Ainda que sejam poucas as novidades ao nível dos principais protagonistas políticos locais, abre-se agora um novo ciclo autárquico na região. Um mandato que se estende até 2025 e que compreende enormes desafios que serão fundamentais para construir o território que todos almejamos: mais coeso e solidário, mais povoado, com melhores serviços e infraestruturas, capaz de gerar mais riqueza e de proporcionar (ainda) melhor qualidade de vida às suas populações.
Nos próximos quatro anos é preciso dar respostas a questões como a habitação, as alterações climáticas (associadas à salvaguarda desse bem precioso que é a água), o combate ao despovoamento e ao envelhecimento ou a transição digital. Isto sem esquecer o trabalho que é necessário continuar a fazer em áreas já "clássicas", nomeadamente nas infraestruturas de água e saneamento, nas escolas, nas acessibilidades rodoviárias ou na saúde.
Por tudo, o trabalho que o novo presidente da Câmara de Odemira e os reeleitos autarcas de Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal têm em mãos é gigantesco e, simultaneamente, desafiante e aliciante. O seu sucesso será o sucesso de uma região que tem em si todas as potencialidades para ser um território único no panorama nacional. A hora é de arregaçar as mangas e trabalhar.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 26/09/2022
Acordo entre Câmara de Odemira e GNR
garante alojamento para militares
A Câmara de Odemira e a GNR celebraram, na passada semana, contratos de comodato para o alojamento de militares da Guarda que constituem os efetivos dos postos de Odemira e de Sabóia, no sentido de "garantir todos os meios e condições" para a continuidade da GNR no território.
18h57 - domingo, 25/09/2022
Odemirense e
Renascente empatam,
Milfontes goleado
Terminou empatado o dérbi entre Odemirense e Renascente de São Teotónio, a contar para a segunda jornada da 1ª divisão distrital de Beja e que se realizou na tarde deste domingo, 25.
07h00 - sábado, 24/09/2022
Estações náuticas
do Alentejo lançam
catálogo digital
As seis estações náuticas do Alentejo, entre as quais as de Odemira e de Sines, apresentam o seu novo catálogo digital na "Southampton International Boat Show", o maior evento náutico do Reino Unido, que decorre até domingo, 25.
07h00 - sexta, 23/09/2022
Cadernos de atividades
e mochilas para
alunos de Alcácer
A Câmara de Alcácer do Sal iniciou nesta quarta-feira, 21, a oferta de cadernos de atividades e mochilas a todos os alunos do concelho que, em 2022-2023, frequentam o primeiro ciclo do ensino básico.
07h00 - sexta, 23/09/2022
Maria Teresa Meireles
vence prémio do
conto em Santiago
A obra 101 Contos-de-Bolso, de Maria Teresa Meireles, venceu a 14ª edição do Prémio de Conto Manuel da Fonseca, promovido pela Câmara de Santiago do Cacém.

Data: 16/09/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial