14h57 - quinta, 07/04/2022

Um trabalho interminável...e essencial!


Carlos Pinto
No final de março, a Câmara de Odemira, a TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado do Concelho de Odemira, seis entidades empresariais, três juntas de freguesia e duas associações renovaram o consórcio público-privado, que permite a continuidade do trabalho do Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) neste concelho [ver notícia e entrevista ao lado].
Trata-se de um projeto que arrancou em julho de 2016, integrado numa rede coordenada pelo Alto Comissariado para as Migrações, e que ao longo destes anos efetuou um total de 15.586 atendimentos, registando igualmente "uma maior proximidade com os cidadãos migrantes" e uma "maior colaboração com as empresas e os serviços públicos".
A continuidade da atividade do CLAIM em Odemira constitui, sem dúvida, uma excelente notícia para este município do Alentejo Litoral, tendo em conta o trabalho que tem vindo a desenvolver no território daquele que é o maior concelho de Portugal.
Ainda há pouco menos de um ano, Odemira andava "nas bocas do mundo", apontada (injustamente) por muitos como um mau exemplo de integração (sobretudo por quem, em Lisboa, não conhece minimamente a realidade local). Por essa altura, tomou-se a "árvore pela floresta", sem se avaliar devidamente as razões dos casos conhecidos e, pior, ignorando os muitos bons exemplos que o concelho tem nesta matéria. Como é o caso do CLAIM.
Ainda assim, o trabalho a fazer é ainda muito. Ou melhor, é interminável – pois haverá sempre pessoas migrantes para integrar. Mas é igualmente um trabalho cada vez mais essencial para a construção de uma comunidade que se quer acolhedora, multicultural e aberta ao próximo. E por isso é tão importante o CLAIM de Odemira.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 01/12/2022
Natal no
Mercado Municipal
de Grândola
Gastronomia e vinhos, oficinas, exposições, artesanato e muita animação são alguns dos destaques do programa de Natal que a Câmara de Grândola preparou para o Mercado Municipal da vila.
07h00 - quinta, 01/12/2022
Feira do Livro
arranca em
Alcácer do Sal
A Câmara de Alcácer do Sal promove, a partir desta quinta-feira, 1, a 25ª edição da Feira do Livro, que vai decorrer na Avenida dos Aviadores, com dezenas de expositores com livros "a preços simpáticos".
07h00 - quarta, 30/11/2022
Imóveis do Estado em Sines
passam para o IAPMEI
O Governo já aprovou a transferência de património imobiliário do Estado em Sines para o IAPMEI, para implementar no concelho projetos de interesse estratégico para a economia nacional.
07h00 - quarta, 30/11/2022
Dia Internacional
da Cidade Educadora
assinalado em Odemira
A Câmara de Odemira assinala nesta quarta-feira, 30, o Dia Internacional da Cidade Educadora, que este ano é dedicado ao tema "A Cidade Educadora, cidade de paz e oportunidades".
07h00 - quarta, 30/11/2022
Militares da GNR
de Odemira começam
a ser julgados em Beja
Os sete militares da GNR acusados de sequestro e agressão a imigrantes em Odemira começam a ser julgados no Tribunal de Beja nesta quarta-feira, 30, pelas 9h30.

Data: 25/11/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial