07h00 - sexta, 13/12/2019

Banda de Odemira festeja
três décadas de música

Banda de Odemira festeja três décadas de música

Foi a 15 de Dezembro de 1989 que nascia a Banda Filarmónica de Odemira, fruto do empenho que Manuel Maria dos Reis (então presidente da Junta da Santa Maria), José Inocêncio Silvestre e António Cansado dedicaram ao projecto. Desde então passaram-se três décadas que, com mais altos que baixos, enche de orgulho todos os músicos e dirigentes da Banda de Odemira.
"Estes 30 anos representam muita amizade e companheirismo. Muitas horas de trabalho, muitas vivências, muitas histórias, mas acima de tudo um sentimento de dever cumprido assim como de responsabilidade para elevar ainda mais o nome da Banda Filarmónica de Odemira e, claro, do nosso concelho", sintetiza ao "SW" a presidente da Direcção da instituição.
Na opinião de Luísa Guerreiro, são muitos os momentos marcantes no percurso iniciado em 1989 pela Banda Filarmónica de Odemira. Entre estes, a presidente destaca "o Jubileu dos Músicos, que ocorreu no Santuário de Fátima no ano 2000" e "a participação nos Desfiles Nacionais de Bandas Filarmónicas, na Avenida da Liberdade, em Lisboa", em 2014, 2015 e 2019.
A estes a dirigente junta ainda "a atribuição da Medalha de Mérito Municipal/Grau Ouro, condecoração atribuída pela Assembleia Municipal de Odemira no dia 25 de Abril de 2015" e "a organização de quatro estágios para instrumentos sopros e percussão, que na última edição contou com 138 músicos".
Mas nem tudo foi positivo nestas três décadas. "Durante estes 30 anos também se destacam dois momentos muito difíceis, que tiveram a ver com a partida inesperada e prematura de dois jovens músicos da casa, ainda com muito para viver e dar si, não só à banda como a todos nós", frisa Luísa Guerreiro.
Prestes a cumprir 30 anos, a Banda Filarmónica de Odemira atravessa, na opinião da sua presidente, "um momento bom, tanto ao nível da banda filarmónica como da sua Escola de Música".
Dirigida pelo maestro Daniel Batista, a banda conta actualmente com cerca de 40 elementos, dos 11 aos 70 anos, na sua maioria provenientes da Escola de Música. Esta última, continua Luís Guerreiro, "funciona regularmente entre segunda-feira e sábado e conta, neste momento, com 35 alunos".
Para manter o seu funcionamento, a Banda de Odemira conta com os apoios da Câmara Municipal e com as receitas dos serviços religiosos que realiza. A isto junta as verbas provenientes do pagamento das quotas dos seus sócios e algumas doações. Ainda assim, há sempre constrangimentos a enfrentar no dia-a-dia.
"A maior dificuldade sentida actualmente prende-se com a falta de instrumentos e também de fardamentos. O projecto pensado e aplicado nestes últimos anos assenta no aumento estruturado da Escola de Música, que por sua vez visa alimentar a banda filarmónica. Este projecto tem corrido como previsto, mas atingimos o nosso limite tanto ao nível dos instrumentos como dos fardamentos e este é um problema que inviabiliza o crescimento da banda e da Escola de Música", alerta a presidente.
Por isso mesmo, continua Luísa Guerreiro, o grande desafio da Banda Filarmónica de Odemira é mesmo conseguirmos fazer com que este projecto continue a ser "aliciante para as novas gerações". Nesse sentido, "estamos a trabalhar para um aumento das valências da Escola de Música, com a criação de uma turma de iniciação musical para crianças entre os cinco e os seis anos, a par da a criação de uma classe de guitarra portuguesa e também a criação de um coro polifónico".
"Esta alteração estrutural prevê a alteração do nome da Escola de Música para Academia de Música da Banda Filarmónica de Odemira", conclui Luísa Guerreiro.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 23/01/2020
DECO esclarece
consumidores do
concelho de Odemira
A DECO-Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor vai continuar a promover sessões gratuitas de atendimento ao consumidor na vila de Odemira em 2020, sempre na terceira quinta-feira de cada mês.
07h00 - quarta, 22/01/2020
CM Odemira distingue
"espírito empreendedor"
Potenciar o reconhecimento público, a dignificação, a valorização e o prestígio da actividade empresarial no concelho é uma das principais metas dos prémios "Espírito Empreendedor", promovidos pela Câmara de Odemira.
07h00 - terça, 21/01/2020
Odemira recebe
palestra de tecelagem
O novo espaço CRIAR, em Odemira, recebe nesta terça-feira, 21 de Janeiro, a palestra "Decifrando Telas Históricas", pela artesã Helena Loermans, que dinamiza o LAB O.
07h00 - terça, 21/01/2020
"Missão País" na
freguesia de S. Teotónio
A freguesia de São Teotónio (Odemira) recebe até final desta semana, 24 de Janeiro, meia centena de jovens voluntários de todo o país, que no âmbito da iniciativa "Missão País" vão colaborar com várias instituições sociais locais.
07h00 - segunda, 20/01/2020
José Francisco Silva
faleceu neste domingo, 19
O empresário agrícola e dirigente associativo José Francisco Silva, natural de Odemira, faleceu na madrugada deste domingo, 19 de Janeiro, vítima de doença prolongada.

Data: 17/01/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial