07h00 - terça, 20/10/2020

Utentes preocupados
com estado da Saúde
no Alentejo Litoral

Utentes preocupados com estado da Saúde no Alentejo Litoral

A Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano reuniu nesta segunda-feira, 19, com o conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), onde manifestou a sua preocupação com a realidade do sector na região.
Em comunicado enviado ao "SW", a Coordenadora das Comissões de Utentes lamenta que a administração da ULSLA não se tenha comprometido "com datas" ou "com melhorias" nas áreas dos cuidados de saúde primários, nomeadamente o facto de existirem "cerca de 15.200 utentes sem médico de família".
Os utentes lamentam ainda que as extensões de saúde continuem "degradadas, sem data para projecto ou início de obras", nomeadamente em São Luís, Sabóia e Vila Nova de Milfontes (todas no concelho de Odemira), Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém, Abela e Melides.
No comunicado, os utentes criticam igualmente que se mantenha a deslocação de médicos "só de 15 em 15 dias a diversas localidades, como é o caso de Vale Santiago (Odemira)", que não haja "previsão da colocação de médico na Extensão de Saúde de Canal Caveira (Grândola)", e que não exista "a possibilidade de reabertura de extensões de Saúde com mais de 500 utentes, como por exemplo São Francisco da Serra (Santiago do Cacém)".
Os utentes reclamam igualmente pela colocação de uma ambulância de Suporte Imediato de Vida no Serviço de Urgência Básica do Centro de Saúde de Alcácer do Sal e que seja definido pela ULSLA um plano para a substituição dos médicos à beira da idade da reforma.
Na área dos cuidados de saúde hospitalares, os utentes consideram "inadmissível a abertura do novo Serviço de Urgência do Hospital do Litoral Alentejano (HLA) sem o respectivo número suficiente de profissionais de saúde para o desempenho das funções com segurança".
No comunicado, a Coordenadora das Comissões de Utentes revela ainda existirem utentes no HLA "à espera de uma consulta de Reumatologia com cerca de 500 dias" ou de uma cirurgia de Urologia há "mais de 550 dias", além do Serviço de Urgência Pediátrica do HLA "continuar a atender as crianças com médicos sem qualquer especialidade" e de continuar a existir "apenas um médico para 100.000 utentes nas especialidades de Cardiologia, Urologia, entre outras".
Os utentes mostram-se igualmente preocupados com o facto de a Unidade de Convalescença "continuar a aguardar a reabertura da sua totalidade de camas", de as empresas de trabalho temporário continuarem "a fornecer médicos para os diversos cuidados de saúde", e da sala das consultas externas do HLA e o respectivo parque de estacionamento ser "exíguo para os utentes", não existindo "perspectiva de obras para as suas ampliações".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 26/11/2020
AFBeja adia jogos dos
próximos fins-de-semana
A Associação de Futebol de Beja (AFBeja) decidiu adiar os jogos dos vários campeonatos distritais que estavam agendados para as próximas duas semanas (28 e 29 de Novembro e 1, 5, 6 e 8 de Dezembro), devido às restrições impostas pelo actual Estado de Emergência.
07h00 - quinta, 26/11/2020
Câmara de Odemira distinguiu
"Espírito Empreendedor"
A Câmara de Odemira promoveu nesta quarta-feira, 25, a entrega da quinta edição dos prémios "Espírito Empreendedor", promovidos pela autarquia no âmbito do Odemira Empreende-Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego e em que foram distinguidos três novos projectos empresariais e uma "ideia criativa".
07h00 - quarta, 25/11/2020
Câmara de Odemira premeia
projectos empreendedores
Um projecto na área da cosmética e um "restaurante sobre rodas" são os vencedores da quinta edição dos prémios "Espírito Empreendedor"em 2020, promovido pela Câmara de Odemira no âmbito do Odemira Empreende-Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego.
07h00 - segunda, 23/11/2020
Odemira termina formação
para governação integrada
O cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, recebeu na sexta-feira, 20, o evento "Odemira-Colaborar faz toda a diferença", que marcou o final do protocolo "Odemira na frente da Governação Integrada", estabelecido entre a autarquia local e o Govint-Fórum para a Governação Integrada.
07h00 - sexta, 20/11/2020
Projecto em Odemira vai partilhar
culturas através da(s) arte(s)
A dança, a música e o vídeo como "linguagens centrais" da partilha e fusão de culturas, promovendo assim a integração e a multiculturalidade: é este o mote do projecto "Bowing", que nos próximos dois anos vai ser dinamizado no concelho de Odemira numa parceria entre a cooperativa cultural Lavrar o Mar e a Câmara Municipal local.

Data: 27/11/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial