08h00 - terça, 16/02/2021

Suspeitos do Costume
lançam disco gravado
ao vivo em Odemira

Suspeitos do Costume lançam disco gravado ao vivo em Odemira

Depois de um ano (praticamente) sem concertos, a banda punk-rock Suspeitos do Costume, de Odemira, lançou no sábado, 13 de Fevereiro, o trabalho "Ao Vivo – Sessão de Estúdio", em que surge ao lado dos algarvios Contra Corrente.
Editado pela "Amazing Records", o novo trabalho conta com seis faixas gravadas ao vivo, três de cada banda. Os Suspeitos do Costume gravaram "Mente Feita De Cal", "Sem Direcção" e "Lisboa Menina e Moça" (um original Carlos do Carmo) em Agosto de 2020, no cine-teatro Camacho Costa, em Odemira. Já os temas "Mundo Novo", "Sem Sentido" e "Inveja" foram gravados pelos Contra Corrente em Setembro do ano passado, no Algarve.
Este disco é "uma forma de matar um bocadinho as saudades dos concertos que não houveram neste último ano", reconhece ao "SW" Rui Matos, vocalista da banda, que integra ainda Telmo Carrilho e Adriano Almeida (guitarra), Ricardo Martins (baixo) e João Emídio (bateria).
Segundo Rui Matos, este projecto nasceu depois dos Suspeitos do Costume terem gravado vários temas ao vivo a pedido da Câmara de Odemira, que depois transmitiu esse "concerto" nas redes sociais.
"Achámos que havia ali mais qualquer coisa a fazer, havia mais sumo a espremer", justifica Rui Matos, acrescentando que, depois de falar com o produtor Miguel Marques, a banda decidiu avançar com a edição do disco… em conjunto com os Contra Corrente. "Retirámos algumas músicas e convidámos a outra banda. Isso ajuda a divulgar o nosso trabalho, assim como nós ajudamos a divulgar o trabalho dela".
O novo trabalho fica disponível a partir deste sábado, 13, em algumas plataformas de streaming na Internet. O disco em formato físico poderá também ser adquirido através da página de Facebook da banda e em algumas lojas de discos e CD's espalhadas pelo país.
"Vamos tentar distribuí-lo também um bocado fora de Portugal", anuncia Rui Matos, considerando que os três tremas agora editados "estão muito idênticos aos originais, mas com aquela roupagem ao vivo", ou seja, "mais sujos e com mais raiva".
Entre estes temas está o clássico "Lisboa Menina e Moça", de Carlos do Carmo, a que os Suspeitos do Costume juntaram alguns (muitos) riffs de guitarra. "Na altura das gravações houve uma série de músicas que estiveram em cima da mesa, mas sempre achei que essa música era especial. Porque fala um bocadinho de nós, da nossa história, da nossa capital e é de um artista singular e intemporal", argumenta Rui Matos.
O vocalista dos Suspeitos do Costume revela ainda que, como todos os temas estão gravados em vídeo, a banda vai igualmente "lançar três videoclips dessa sessão".


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 15/04/2021
Junta de São Teotónio defende
sustentabilidade da caça
A Junta de São Teotónio está a preparar um conjunto de medidas de apoio para permitir a sustentabilidade da atividade cinegética nesta freguesia do concelho de Odemira.
07h00 - quarta, 14/04/2021
Dona do Zmar está insolvente,
mas unidade turística vai reabrir
A declaração de insolvência da empresa responsável pelo Zmar – Eco Camping Resort não coloca em risco de encerramento este complexo turístico em Odemira (Beja), que prevê reabrir "muito em breve", disse fonte do empreendimento.
07h00 - terça, 13/04/2021
AFBeja retoma
campeonatos distritais
no mês de maio
A Associação de Futebol de Beja (AFBeja) já tem preparada a retoma dos campeonatos distritais da 1ª e da 2ª divisão, assim como de sub-23 e de futsal, para concluir a época desportiva de 2020-2021.
07h00 - terça, 13/04/2021
Criminalidade aumentou no Litoral Alentejano em 2020
A criminalidade aumentou em 2020 no Alentejo Litoral, com mais uma centena de crimes participados face ao ano anterior.
07h00 - segunda, 12/04/2021
Associações da freguesia
de São Teotónio ganham
novas instalações
A Junta de São Teotónio, no concelho de Odemira, acaba de criar o Centro de Associações Locais de São Teotónio (CALST), que visa dar uma resposta às coletividades da freguesia que não dispõem de uma sede social ou de um local físico próprio.

Data: 09/04/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial