07h00 - sexta, 26/02/2021

"Juntos pelo Sudoeste" critica resolução do Parlamento

"Juntos pelo Sudoeste" critica resolução do Parlamento

O movimento ambientalista "Juntos pelo Sudoeste" (JPS) considera que a resolução aprovada pelo Parlamento vai permitir que a região do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina passe de parque natural a "parque agro-industrial de contentores".
Em comunicado enviado ao "SW", o movimento "saúda a análise deste tema em Lisboa e a preocupação de reforçar as infraestruturas e serviços públicos, como escolas, creches,
centros de saúde, finanças, segurança social e forças de segurança, bem como a constatação das condições degradantes em que vivem muitos imigrantes que trabalham na agricultura intensiva".
No entanto, o JPS manifesta a sua "forte preocupação" com o facto de a resolução relegar "para segundo plano a necessidade urgente de preservação dos valores ambientais do PNSACV", considerando que "com esta atitude omissa, há, portanto, a clara confissão de que os senhores deputados desconsideram por completo, entre outros, um diploma tão fundamental como a Lei de Bases do Ambiente".
O movimento contesta igualmente o facto de a resolução propor que o Estado responda às necessidades da agricultura intensiva da região "ao recomendar ao Governo uma série de medidas relacionadas com as milhares de pessoas das quais dependem estas culturas intensivas",
"Confirma-se, assim, uma estratégia ecocida, que compromete a sustentabilidade do PNSACV, assim como os compromissos assumidos por Portugal a nível europeu, em matéria de protecção ambiental", argumenta.
Os ambientalistas do JPS lembra ainda "que o avanço descontrolado das explorações agrícolas tem vindo a arrasar um património natural único e de riqueza incalculável, a esgotar a já debilitada reserva de água da barragem de Santa Clara e a provocar uma imigração massiva o que, só por si, também acarreta consequências sérias ao nível da coesão social e ambiental, e não apenas na habitação, serviços e infra-estruturas públicas".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 15/04/2021
Junta de São Teotónio defende
sustentabilidade da caça
A Junta de São Teotónio está a preparar um conjunto de medidas de apoio para permitir a sustentabilidade da atividade cinegética nesta freguesia do concelho de Odemira.
07h00 - quarta, 14/04/2021
Dona do Zmar está insolvente,
mas unidade turística vai reabrir
A declaração de insolvência da empresa responsável pelo Zmar – Eco Camping Resort não coloca em risco de encerramento este complexo turístico em Odemira (Beja), que prevê reabrir "muito em breve", disse fonte do empreendimento.
07h00 - terça, 13/04/2021
AFBeja retoma
campeonatos distritais
no mês de maio
A Associação de Futebol de Beja (AFBeja) já tem preparada a retoma dos campeonatos distritais da 1ª e da 2ª divisão, assim como de sub-23 e de futsal, para concluir a época desportiva de 2020-2021.
07h00 - terça, 13/04/2021
Criminalidade aumentou no Litoral Alentejano em 2020
A criminalidade aumentou em 2020 no Alentejo Litoral, com mais uma centena de crimes participados face ao ano anterior.
07h00 - segunda, 12/04/2021
Associações da freguesia
de São Teotónio ganham
novas instalações
A Junta de São Teotónio, no concelho de Odemira, acaba de criar o Centro de Associações Locais de São Teotónio (CALST), que visa dar uma resposta às coletividades da freguesia que não dispõem de uma sede social ou de um local físico próprio.

Data: 09/04/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial