10h37 - sexta, 30/04/2021

Câmara de Odemira
contesta cerca sanitária

Câmara de Odemira contesta cerca sanitária

A Câmara de Odemira considera que a decisão do Governo de fixar uma cerca sanitária às freguesias de São Teotónio e de Longueira/Almograve devido ao número de casos de Covid-19 é uma "medida desproporcional", afirmando que "existiam condições objetivas para um desconfinamento geral do concelho".
A posição da autarquia foi tomada na noite desta quinta-feira, 29, em reunião de urgência do executivo municipal após o anúncio, por parte do primeiro-ministro, António Costa, de medidas restritivas e especificas para o concelho de Odemira.
Na tomada de posição, enviada ao "SW", a Câmara Municipal manifesta e reforça a sua posição "de que existiam condições objetivas para um desconfinamento geral do concelho, face à descida acentuada do número de casos de infeção e ao incremento da taxa de vacinação nos últimos 14 dias", e expressar "a solidariedade às freguesias de São Teotónio e de Longueira/Almograve" – suas instituições, cidadãos e tecido económico – perante a tomada de uma medida desproporcional de cerca sanitária".
Em simultâneo, a autarquia reivindica "a tomada de medidas imediatas para o apoio ao tecido económico local de Odemira, privado de desenvolver a sua atividade económica regular" e "a urgente vacinação de toda a população do concelho".
A Câmara Municipal solicita igualmente "o ponto de situação urgente do cumprimento das medidas relativas ao alojamento de trabalhadores previsto na Resolução do Conselho de Ministros n.º 179/2019, de 24 de outubro", e reitera à Assembleia da República e ao Governo de Portugal, "com caráter urgente, a produção de legislação que vise regular e estabelecer os limites de lotação por tipologia habitacional e um modelo de fiscalização e contraordenacional".
Na tomada de posição, a Câmara de Odemira reitera ainda ao Governo "a revisão da metodologia de cálculo dos indicadores de infeção que servem de base" à sua decisão, garantindo toda a sua "disponibilidade, empenho e determinação em colaborar com todas as entidades, com o objetivo de superar no curto prazo esta situação excecional determinada pelo Governo de Portugal, por forma a que toda a normalidade regresse rapidamente a todo o concelho de Odemira".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 21/06/2021
CDU recandidata
Vítor Proença em
Alcácer do Sal
O atual presidente da Câmara de Alcácer do Sal, o comunista Vítor Proença, vai ser o candidato da CDU à autarquia nas próximas eleições Autárquicas, anunciou a coligação no final da passada semana.
07h00 - quarta, 16/06/2021
Câmara de Alcácer
avança com obras
na EM 1119
A Câmara de Alcácer do Sal já tem a decorrer a empreitada de reabilitação de um troço de cerca de quatro quilómetros da Estrada Municipal (EM) 1119, na zona de Rio de Moinhos, num investimento avaliado em quase 220 mil euros.
07h00 - terça, 15/06/2021
Câmara de Alcácer
vai ampliar zona
industrial da cidade
A Câmara de Alcácer do Sal prevê avançar com a ampliação da Zona Industrial Ligeira (ZIL) da cidade, no sentido de "atrair mais investidores", "captar projetos inovadores", "criar mais postos de trabalho" e "desenvolver a economia do concelho".
07h00 - sexta, 11/06/2021
Projeto CED
continua no concelho
de Alcácer do Sal
A Câmara de Alcácer do Sal aprovou esta semana a atribuição de uma verba de 15 mil euros à Associação Animais de Rua, de modo a assegurar a continuidade do projeto CED – Captura, Esterilização e Devolução de animais errantes no concelho.
07h00 - quarta, 02/06/2021
Alcácer do Sal
tem novo sistema de
transportes urbanos
A Câmara de Alcácer do Sal colocou em funcionamento, nesta terça-feira, 1, o "Nónio", o novo sistema de transporte urbano do concelho, que representa um investimento municipal a rondar os 100 mil euros por ano.

Data: 18/06/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial