07h00 - quarta, 23/09/2020

Projecto cultural de quatro milhões
vai nascer na barragem de Campilhas

Projecto cultural de quatro milhões vai nascer na barragem de Campilhas

A estrutura artística Mala Voadora vai desenvolver um projecto de alojamento e residências artísticas na barragem de Campilhas, no concelho de Santiago do Cacém, orçado em cerca de quatro milhões de euros. O projecto foi apresentado na passada semana, durante uma visita da ministra da Cultura, Graça Fonseca, ao local.
Em comunicado, a Câmara de Santiago do Cacém explica que os promotores do projecto criaram a empresa DAM Business, "que fará a gestão do espaço que combina alojamento turístico com um centro de residências artísticas no concelho".
Desta forma, está prevista para 2021 a construção de um complexo com sete edifícios, "que incluem salas polivalentes, um grande auditório e estúdio de gravação de som, com uma capacidade de alojamento para 53 hóspedes, entre turistas, artistas e criadores".
Este é um projecto "diferenciador" e "irá colocar Santiago do Cacém no mapa artístico", porque "exemplos de complexos com esta natureza a nível nacional não existem", frisa o presidente da autarquia.
Álvaro Beijinha acrescenta que, "tendo em conta os contactos que a Mala Voadora tem, inclusive a nível internacional, decerto que este espaço vai ser muito procurado pelas companhias de teatro entre outras estruturas ligadas às artes".
Já a ministra da Cultura, Graça Fonseca, considera que esta é "uma ideia muito original" e "com um potencial muito interessante não só para a região, mas, também, para o país".
Por sua vez, o director artístico da companhia Mala Voadora explica que este será um espaço aberto a "outras estruturas, para que possam usufruir deste complexo, porque não se trata apenas dos turistas, mas de oferecer condições únicas, como as de um grande auditório, para determinados projectos".
"Não nos vamos cingir às nossas produções" e por isso "vamos firmar com a autarquia um protocolo que vai permitir desenvolver novos projectos, assim como criar uma ligação com a população do concelho", acrescenta Jorge Andrade.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 26/10/2020
Odemirense entrou
em campo com
apenas sete atletas
Depois da falta de comparência no jogo da primeira jornada, o Odemirense entrou em campo com apenas sete jogadores neste domingo, 25, na partida da segunda jornada da 1ª divisão distrital de Beja contra a equipa da União Serpense.
07h00 - quinta, 22/10/2020
Festivais Sudoeste
e Músicas do Mundo
recebem prémio
Os festivais Meo Sudoeste e Músicas do Mundo de Sines (FMM) foram galardoados durante a quinta edição dos Iberian Festival Awards (Prémios dos Festivais Ibéricos), cuja cerimónia se realizou no domingo, 18, em formato online.
07h00 - quinta, 22/10/2020
António Camilo admite propôr
alienação do salão de festas
dos Bombeiros de Odemira
António Camilo admite a possibilidade de vir a propôr que a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Odemira possa alienar o seu salão de festas para garantir as receitas necessárias à requalificação do seu quartel ou de outros investimentos na operação, se tal vier a ser necessário.
07h00 - quarta, 21/10/2020
Caçadores de São Teotónio
apresentam preocupações
Representantes das sete associações de caçadores da freguesia de São Teotónio (Odemira) reuniram a 10 de Outubro com o deputado do PS eleito por Beja, Pedro do Carmo, onde apresentaram as suas preocupações relativamente ao momento que o sector enfrenta.
07h00 - segunda, 19/10/2020
Odemira exige reposição
das freguesias ao Governo
A Assembleia Municipal de Odemira aprovou, por maioria, uma moção apresentada pela bancada da CDU onde é exigida ao Governo a reposição das freguesias extintas em 2013.

Data: 16/10/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial