07h00 - sexta, 30/10/2020

LPN alerta para
"falhas graves"
no Parque Natural

LPN alerta para "falhas graves" no Parque Natural

A Liga para a Protecção da Natureza (LPN) alerta para aquilo que chama de "falhas graves" na gestão do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV), garantindo que "formas de vida que resistiram durante milhões de anos no Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina encontram-se mais ameaçadas do que nunca".
Tal como "SW" conta na edição desta sexta-feira, 30, a LPN argumenta que "o aumento da área agrícola, notório nas estufas e culturas cobertas que ocupam grandes extensões no PNSACV, tem suscitado preocupação com a conservação dos valores naturais" locais.
A LPN acrescenta ainda que "foram já identificados oficialmente vários incumprimentos das regras previstas no Plano de Ordenamento [do PNSACV], como a falta de implementação dos sistemas de monitorização da qualidade das águas subterrâneas e do solo, a falta de monitorização do estado das espécies e habitats, a cartografia e informação geográfica pública sobre as espécies, habitats e actividade agrícola na zona do Perímetro de Rega do Mira, e ainda a ausência dos Planos de Gestão no âmbito da Rede Natura 2000".
"A legislação relativa às medidas de monitorização necessárias no Sudoeste Alentejano não foi até agora cumprida. É urgente a implementação séria da lei de forma a garantir que os valores naturais únicos desta zona não serão destruídos", vinca o presidente da LPN.
Jorge Palmeirim acrescenta não ser "concebível o aumento da área de exploração agrícola sem monitorização do actual impacto desta actividade".
"Se não se conseguir assegurar a correcta aplicação das medidas de gestão, não prevejo futuro para o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina", sublinha este responsável.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 05/08/2022
Programa regional
Alentejo 2021-2027
em consulta pública
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo tem a decorrer, até final de agosto, a consulta pública do programa, e respetiva Avaliação Ambiental Estratégica, para o período de programação de 2021 a 2027.
07h00 - sexta, 05/08/2022
Artista ucraniana
com exposição na
Biblioteca de Odemira
A Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, tem patente, até dia 26 de agosto, a exposição de pintura "Energias Cintilantes Entre Nós", da artista ucraniana Anna Ovcharova.
07h00 - quinta, 04/08/2022
Projeto "Humiverso"
quer transformar
resíduos em fertilizantes
Criar estações de transformação de resíduos orgânicos em corretivos orgânicos, acompanhado de consultoria, é o grande objetivo do projeto "Humiverso", premiado como melhor "Ideia Empreendedora e Criativa" no âmbito da edição deste ano dos prémios "Espírito Empreendedor".
07h00 - quinta, 04/08/2022
"Odemira é uma referência
para a raça Limousine"
Em entrevista ao "SW, presidente da Associação Portuguesa de Criadores de Bovinos da Raça Limousine, Joaquim Carvalho, faz retrato do setor e reconhece que FACECO-Feira das Atividades Culturais e Económicas de Odemira é sempre um momento importante para a raça.
07h00 - quarta, 03/08/2022
Câmara de Odemira
quer organizar
Gala do Desporto
A Câmara de Odemira pretende organizar, no próximo mês de novembro, a Gala do Desporto, para distinguir quem, ao longo do ano, teve "um papel preponderante no desenvolvimento do desporto no concelho" ou contribuiu "para a elevação do nome de Odemira" através da atividade desportiva.

Data: 29/07/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial